Sopa caseira de legumes

Mar
2010
04

posted by on Cozinha básica, Sopas

81 comments

Em São Paulo, esfriou muito nesses últimos dias… eu adorei, porque sou viciada em sopas… e nada combina mais com o friozinho (pra mim) do que uma boa sopinha.

Hoje a receita é de uma sopa beeeem caseira, a de legumes com carne, quase uma “sopinha de neném”, ideal para os dias que você quer fazer um carinho, aquecer a alma, alimentar o corpo. Minha mãe diria, “dar uma arribada no espírito”.

Essa receita é especial. Nela vou ensinar dois truques para esse tipo de preparo de legumes… Preste atenção!

  • 200g de músculo picado em cubos
  • 1 cebola, 2 dentes de alho
  • 4 colheres de azeite
  • 3 batatas médias
  • 2 cenouras
  • 1 chuchu
  • 1 mandioquinha
  • 2 colheres de sopa de extrato de tomate
  • 250g de macarrão do tipo “conchinha”
  • folhas de escarola rasgadas em pedaços pequenos
  • Aproximadamente 4 l de água fervente

O primeiro truque da receita é o corte dos legumes, em cubos pequenos. O processo é “simples” e o resultado é muito melhor que as outras sopas que você provou, garanto! ;)

Descasque os legumes e corte-os, retirando aparas e transformando os formatos redondos em quadrados, como foi feito com essa batata:

Vejam que ela era arredondada e foi tomando o formato de um quadrado. Faça fatias regulares (mesmo tamanho) e inverta o sentido do corte, transformando-as em cubos uniformes.

Não dispense as aparas de legumes, nada vai ser jogado fora, apenas reserve-as em um outro recipiente.

O mesmo vai acontecer com a mandioquinha, a cenoura, o chuchu. Tudo deve ser cortado com bastante capricho, tomando o cuidado de manter os cubos do mesmo tamanho.

Esse tipo de corte vai te proporcionar o mesmo tempo de cozimento dos legumes e como resultado, o mesmo ponto em todos eles. Pense que queremos chegar numa sopa em que todos os legumes estejam inteiros e com a mesma textura.

Assim que fizer os cortes, separe os legumes por tipo, em pequenas cumbucas. Esse é o famoso “mise-en-place”, que já falamos aqui.

Aqueça o azeite numa panela grande e leve a carne para dourar. Não é necessário ficar mexendo a carne, mas faça com que todos os pedaços fiquem dourados, dessa forma:

Assim que estiverem dourados, acrescente o alho e a cebola, para dourarem também. Preste muita atenção, pois alho em óleo quente tende a queimar. Se precisar, abaixe ou retire a panela do fogo, para que o alho não queime. A cebola deve ser refogada até obter o mesmo dourado da carne.

Acrescente a água fervente e, nesse momento, inclua as aparas dos legumes para cozinhar, até que fiquem bem moles. Quando estiverem cozidos, retire os pedaços de carne, reserve-os e leve o caldo e as aparas de legumes cozidas para o liquidificador. Bata bem, até virar um caldo grosso e uniforme.

Volte o caldo para o fogo com a carne (que demora um pouco mais para cozinhar). Vocês vão perceber que a mistura fica um pouco esverdeada, por isso, acrescente o extrato de tomate para dar uma cor mais alaranjada ou avermelhada à sopa. Se vocês preferirem, o extrato de tomate é dispensável.

Agora vem o segundo truque da receita: acrescentar um tipo de legume por vez, de acordo com o tempo de cozimento de cada um.

Então obedeça à seguinte ordem:

Coloque as cenouras para cozinhar com o caldo batido (e fervente) e a carne. Deixe ferver por 5 min. Inclua as batatas e espere mais 5 min. Acrescente a mandioquinha. Mais 5 min. Por último, coloque o chuchu junto com o macarrão. Mexa com bastante cuidado – não amasse os legumes contra a panela – mas também não deixe o macarrão grudar no fundo. E espere os últimos 5 minutos.

Esse tempo pode variar de acordo com o tamanho dos cubos que você cortou. Por isso, é sempre bom dar uma conferidinha no ponto que você quer… Os meus cubinhos estavam bem pequenos, então cozinharam bem rápido. Só não se esqueça de somar os tempos… no final, a cenoura ficou mais tempo que todos os outros legumes.

Acrescente, por fim, a escarola rasgada (a quantidade é a seu gosto, utilizei aproximadamente umas 4 folhas grandes), desligue o fogo e tampe a panela.

Sirva imediatamente. Se gostar (como eu), coloque queijo ralado e pimenta do reino para finalizar. Pão para acompanhar.

Rapidamente você vai sentir o coração se aquecendo e um gosto de casa de vó, que é sempre o meu preferido. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente pelo Facebook!

81 comments

    • cacá flôres
  1. Dan
  2. Marcos Cerqueira
  3. Monica
  4. Barbara
  5. Adriana
  6. Monica Cunha
  7. Juliana
  8. Roldão Júnior
  9. Rosa
  10. Oliveira
  11. Poliana Cordeiro
  12. Juçara Andrade dos Santos
  13. Luamar Rocha
  14. Carla Mendes
  15. Milenaaaa
  16. Talita
  17. elisandra

Trackback e pingback

  1. Canja de galinha [ou "Mãe Líquida"]
    [...] preparar essa receita, usei a mesma técnica de corte dos legumes da receita de sopa caseira de legumes. Como já falei …
  2. Especial Festa Junina: Caldo Verde | cozinha pequena
    [...] as batatas de forma irregular. Ao contrário do que eu já mostrei na sopa de legumes, essas batatas devem …

Leave a Reply


− 2 = 2