Ragu de fraldinha (ou mais uma história escrita na cozinha)

Sep
2010
08

posted by on Carnes, Massas, Molhos

5 comments

Quando a gente fica mais abusado na cozinha, é fato: os amigos não nos chamam mais para comer, mas para cozinhar. E, mais atrevidos que somos, a gente aceita… com um imenso prazer e alegria em fazer bonito.

A verdade é que dá mesmo um prazer imenso oferecer a quem a gente gosta (e nos acarinha com esse tipo de convite) uma comidinha bem feita. Ouvir aquele “hmmm” no primeiro bocado é algo que satisfaz o coração de qualquer cozinheiro.

Esse tipo de convite tem acontecido muito comigo. “Oh Debora, vem aqui em casa fazer aquele filé!” “Debora, repete o bolo pras meninas?” e por aí vai. E num desses convites, veio a ideia de fazer um ragu (um molho encorpadão de carne) para acompanhar massinha, amigos, um bom vinho. Aquelas coisas que a gente faz com um sorriso daqui-até-aqui.

E lá fui eu, munida de faca e carinho, fazer um ragu de fraldinha na casa de amigos queridos.

Para 4 pessoas, você vai precisar de:

- 1/2 kilo de fraldinha (bem limpa)
-
1/2 cebola
- 1/2 xícara de azeite
-
1 cenoura picada em pedaços microscópicos
- 1
talo de salsão picado em tamanho átomos
-
1 dente de alho picado bem pequenininho também
-
Salsinha e cebolinha picadas (aproximadamente 1/2 xícara de cada)
-
1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
-
Raminhos de tomilho fresco
-
2 colheres (sopa) de extrato de tomate
-
1 lata de tomates pelados picados
-
1 xícara (chá) de fundo bovino (que a gente já ensinou a fazer aqui)
-
200 ml de creme de leite (de caixinha) ou fresco (não pode ser de latinha, porque o creme de leite será fervido)
-
Sal e pimenta do reino a gosto
-
Massa de sua preferência para acompanhar o molho (essa receita fica sensacional também com polenta): não é um erro dizer que a massa acompanha o molho, porque ele é tão rico que, na verdade, a massa é mera coadjuvante.
-
Lascas de parmesão para finalizar o prato
-
Não se esqueça também de um bom pão italiano, um vinho gostoso (que eu estou aprendendo a apreciar), amigos queridos, papo alto astral e música boa. Sim, é preciso de tudo isso para a receita dar certo, vão por mim.

Para realizar esse prazo, não seja um cozinheiro de pouca fé. Use e abuse dos seus dotes culinários e prefira picar a carne na ponta da faca. O tamanho dos pedaços é de sua preferência. Nesse caso, os “fregueses” preferiram um molho mais pedaçudo e encorpado, por isso, a carne ficou em cubos maiores. Mas isso vai depender do seu público e da sua coragem.

Para cozinhar e fazer bonito perto dos outros, é bom realizar o mise en place da receita. Já falamos desse hábito por aqui, vocês lembram? Vejam só a diferença que faz (principalmente para o público):

Olha que lindo que fica!

Aqueça uma panela de fundo grosso (ou uma frigideira bem larga), coloque o azeite, a cebola, a cenoura, o salsão e o alho e refogue até a cebola ficar transparente. Coloque a carne picada, até que os pedaços fiquem dourados. Acrescente o vinho e espere evaporar completamente. Coloque o tomate, o fundo de carne, o extrato de tomate, as folhinhas de tomilho,  salsinha e cebolinha picadas e deixe cozinhar bem. Quando a carne estiver macia, acrescente aos poucos o creme de leite, que também vai ajudar a amaciar (ainda  mais) a carne, até o molho ficar bastante encorpado.

Se você for um cozinheiro bonzinho e querido, nesse momento, é a hora de liberar uma pequena amostra do molho, para que você tenha a certeza de que fará sucesso.

Sim, eu sou uma cozinheira boazinha e querida.

Aqueça um panelão de água, cozinhe a massa como recomenda o fabricante e sirva como “acompanhamento” para a estrela da festa, esse molho cremoso e delicioso que vai deixar todo mundo com água na boca, pedindo mais.

Você vai causar dependência química em quem provar dessa receita, porque é simplesmente viciante! Eu garanto. ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente pelo Facebook!

5 comments

Trackback e pingback

  1. Ragu de Fraldinha » Pilotando um Fogão
    [...] ele, a base da receita foi tirada do blog Cozinha Pequena, mas como ele adora experimentar na cozinha, tratou …

Leave a Reply


− 3 = 2