Lula recheada

Sep
2008
09

posted by on Sem categoria

27 comments

Desde que deixei o Brasil (e lá se vão seis anos), procurei manter o costume de celebrar as datas festivas pelo calendário brasileiro assim como a forma com que elas são comemoradas.
Entendi que essa seria uma maneira de não me delisgar completamente de minha identidade cultural, e principalmente, não só aproximar, como mostrar a minha filha suas verdadeiras raízes, uma vez seus pais a tiraram do país onde nascera com apenas 12 meses de vida.

Acontece que, ao passo que ela começou a frequentar escolas, a coisa foi ficando complicada. Durante dois anos conseguimos contornar, uma vez que crianças de 3 realmente não prestam muita atenção em calendários muito menos se celebramos o dia das maes duas ou três vezes por ano.
Quando ela começou a tomar conhecimento das coisas e principalmente a entender as festas escolares, decidimos que, para a sanidade mental da rebenta, o melhor seria seguir o calendário do país onde estivermos morando. (A única coisa que nao abro mão, é o Natal, onde celebramos de modo muito “brasileiro”: na noite do dia 24, com jantar até zero hora e em seguida o ritual dos presentes. Aqui na Austrália como na Alemanha, o Natal é comemorado no dia 25 com abertura dos presentes pela manhã e um almoço que dura a tarde toda. Ainda bem que nessa época a pirralha está de ferias! ;-)).
No último domigo, foi dia dos pais aqui na Austrália e o dad da casa ganhou um monte de mimos de comer.
Durante essa semana, trarei algumas receitas das gostosuras que ele foi “obrigado” a experimentar para celebrar esse dia!
Para o prato principal, uma das coisas que o deixa rendido à mesa: lula recheada.

Começamos pelos recheios, sim, no plural. Como era dia de festa, optei por dois:

– Salmão com queijo Philadelphia:
Pique uma posta de salmão de aproximadamente 250g. Tempere com sal, pimenta branca moída e misture com 120g de queijo Philadelphia. Reserve.

-Camarões ao requeijão:
Em uma panela, doure uma cebola pequena picada, dois dentes de alho e um tomate sem pele e sem sementes em uma colher de sopa de manteiga. Adicione 300g de camarões cinza limpos (eu gostaria de ter usado os pequeninos que são melhores para recheios, mas não os encontrei!) e deixe que fritem até ficarem bem rosados. Acrescente 250g de requeijão cremoso, sal, pimenta do reino moída e coentro picadinho a gosto. Mexa tudo e deixe que cozinhe por uns cinco minutos em fogo baixo. Reserve.

RECHEANDO A LULA PASSO A PASSO:

Eu não sou uma pessoa com habilidades para limpar frutos do mar ou aves. Costumo comprar tudo limpinho e já cortado pois me poupa tempo e stress. Acho muito bacana quem destrincha uma frango com precisão cirurgica ou abre um peixe aproveitando suas vísceras e ovas para um caldo ou qualquer coisa do gênero. Como nao faço parte dessa categoria de pessoas com perícia para tal, as lulas que usei (e sempre uso) para essa receita, vieram do mercado assim:

lula1

Primeiro, você vai precisar fechar uma das pontas com um palito, dessa maneira:

lula2

Em seguida, coloque os recheios, usando uma colher.
O de salmão…

lula3

…. e o de camarão:
(Procure colocar apenas os camarões e reseve o molho de requeijão).

lula4

Torne a usar palitos para fechar a outra ponta:
(Se certifique que as duas extremidades estão muito bem fechadas para que o recheio não vaze durante o cozimento).

lula5

Numa frigideira grande, com fios de azeite extra virgem quentes e generosos, frite a lula por uns cinco minutos, sempre com o cuidado de virar para não queimar. Em seguida, acomode as lulas num refretário e leve ao forno, temperature baixa (150 graus no máximo) por uma hora. Elas irão sair assim:

lula7

Para servir, retire os palitos e fatie as lulas em anéis:

lul1

Recheio de salmão com cream cheese Philadelphia.

lul2

Recheada com Camarões ao requeijão.
Ah! Lembram do molho de requeijão que eu pedi para vocês não colocarem dentro da lula? Olha ele ali, dentro da molheira! ;-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags:

Comente pelo Facebook!

27 comments

  1. Cris
  2. Tee
  3. Nine
  4. Marcele Martins
  5. Marcele Martins
  6. Hemerson
  7. Hemerson
  8. BEL
  9. Mirelle
  10. Marcus Vinicius
  11. MARIA DE LOURDES ARAUJO
  12. Franciele Ribeiro Klehn

Trackback e pingback

  1. Batatas noisette - cozinha pequena
    [...] acompanhamentos para o mimo do dia dos pais foram muito simples, uma vez que o prato principal não pedia …

Leave a Reply


− 1 = 3